• Por uma cultura de paz e uma mídia cidadã.

Insider

Archives

Quem Somos

 

COMPAZ – Conselho Municipal de Cultura de Paz | Tem por finalidade promover a cultura e a educação para a paz, buscando promover a paz em todas as suas dimensões, individual, coletiva, social e ambiental, sendo ele transpartidário, transreligioso e transdisciplinar. De acordo com a Lei, compete ao Conselho a formulação, coordenação, supervisão e avaliação da política voltada a ações pela cultura e educação para a paz.  O COMPAZ é formado por representantes da sociedade civil e do Poder Público. Como membros da sociedade civil, estão garantidos três representantes dos segmentos religiosos; um das instituições de ensino superior privado; um das instituições do ensino fundamental e médio privado; dois representantes das categorias profissionais; e cinco das organizações não governamentais. Da parte do Poder Público, são sete representantes do Executivo Municipal (um da Secretaria de Educação, um da Secretaria de Cultura, um da Secretaria de Saúde, um da Secretaria do Meio Ambiente, um da Secretaria da Mulher, um da Secretaria de Assistência Social e um da Fundação de Esporte); um das instituições de ensino superior público; um das instituições do ensino fundamental e médio público; um do Núcleo Regional de Educação; um do Legislativo Municipal; e um do Ministério Público Estadual. Durante a realização do 1º Fórum Educação para Cultura de Paz de Londrina, em julho de 2007, foi aprovada a proposta de formação de um Conselho Municipal, encaminhada depois ao Executivo. O Fórum reuniu representantes de mais de 40 entidades que definiram os eixos que vão pautar o trabalho do COMPAZ: Educação para a Paz; Desenvolvimento Sustentável; Direitos Humanos; Igualdade entre mulheres e homens; Participação Democrática; Entendimento, Tolerância e Solidariedade; Livre Circulação de Informação; e Paz e Segurança Internacionais. http://home.londrina.pr.gov.br/homenovo.php?opcao=inicio
http://www.londrinapazeando.org.br/COMPAZ_pagina_inicial.html

MOVIMENTO LONDRINA PAZEANDO | O Movimento Pela Paz e Não-Violência, mais conhecido como Londrina Pazeando, é uma organização que foi criada para desenvolver uma Cultura de Paz e Não-Violência. É uma instituição sem fins lucrativos com independência administrativa e financeira, como organização da sociedade civil de interesse público, regendo-se por um estatuto baseado na lei federal nº 9.790/99 e decreto federal nº 3.100/99 – OSCIP.  | Missão, visão e valores: A missão do Londrina Pazeando é contribuir para a construção de uma cultura de paz e não-violência no município de Londrina, por meio da mobilização das pessoas ligadas às organizações do terceiro setor, às empresas e ao Estado, para que todos possam viver em paz e harmonia plena. Já a sua visão é a da construção de uma sociedade, onde a cultura seja de paz e não-violência; e os conflitos sejam resolvidos de forma pacífica, a exemplo dos heróis pacifistas. O Movimento pela Paz e Não-Violência de Londrina tem como princípio o conceito de não-violência, ensinado e vivenciado por Gandhi e pelos heróis pacifistas. São seus valores: Valorização dos direitos humanos; Respeito e amor ao próximo; Cultura da não-violência ativa; A verdade sempre; Diálogo entre as diferenças; Educação para valores humanos; Ética e transparência nas ações. Mais informações: http://www.londrinapazeando.org.br/

FACULDADE PITÁGORAS LONDRINA | Uma empresa de educação superior, fruto da rede de ensino Pitágoras (MG, Brasil) que oferece uma proposta que é uma volta às tradições clássicas da boa educação e que, ao mesmo tempo, contém uma forte incorporação de novas tecnologias.  A missão da Pitágoras Londrina é capacitar alunos a tornarem-se profissionais competentes para enfrentar os desafios de um mundo em constante mutação. Participar ativamente do processo de melhoria da qualidade educacional do País e do aumento do número de vagas acessíveis à população de renda média. Mais informações: http://www.faculdadepitagoras.com.br/londrina/

REDE DE DESENVOLVIMENTO LOCAL | A Rede de Desenvolvimento Local é uma iniciativa apartidária da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP) e do Serviço Social das Indústrias (SESI). São pessoas conectadas e que interagem entre elas, assumindo o papel de protagonistas do processo de desenvolvimento da localidade onde vivem. Por meio de uma metodologia específica, composta por oito etapas, elas próprias definem o que desejam e traçam o caminho para atingir os sonhos. Nas redes, não há hierarquias e todos participam como cidadãos, conscientes de que sem tal participação não existe desenvolvimento. Em Londrina, a Rede começou a ser implantada no início de 2008 e já está nas seguintes localidades: Vila Recreio, Jardim Felicidade, Heimtal, Jardim Maringá, Jardim Nova Esperança, Vila Yara e Jardim Castelo. Para esse ano, a meta é atingir toda a cidade.

RÁDIO UEL | Foi em maio de 1990 que a Rádio UEL FM, emissora de caráter educativo, entrou no ar. Desde então apresenta uma programação voltada basicamente para a música e a informação. Os fatos e as notícias do dia-a-dia da UEL, notícias e eventos culturais locais, nacionais e internacionais estão presentes em seus programas jornalísticos. Com uma programação que privilegia o melhor da MPB, e abre espaço para os novos valores da música brasileira que se destcam pela qualidade, mas que não tem acesso às emissoras comerciais. O trabalho desenvolvido por diversos colaboradores possibilita uma diversidade que vai da ópera ao hip-hop, passando pelo jazz, samba, música caipira, choro, rock, música contemporânea, música clássica e bossa-nova.  O jornalismo da Rádio é veiculado das 7h às 19h, levando ao ouvinte noticias a cada 15 minutos. Produz também programas especiais sobre diversos assuntos, como política, comportamento, saúde, entre outros. As notícias internacionais são de responsabilidade da  Rádio França Internacional. Tanto na área jornalística, quanto na área de produção de programas musicais, a Rádio UEL FM abre espaço para alunos do Curso de Comunicação Social, supervisionados pelos docentes, para adquirir experiências em seus Projetos de Ensino em Rádio. Mais informações: http://www.uel.br/uelfm

Popularity: 8% [?]

Share and Enjoy:
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google

Deixar um comentário