• Por uma cultura de paz e uma mídia cidadã.

Insider

Archives

Nesta quarta (18/maio/11) foi realizada palestra sobre a saúde da gestante.

FONTE: Nós Podemos Paraná www.nospodemosparana.org.br  / Nós Podemos Londrina

 

Thelma Malagutti Sodré – enfermeira depto UEL e núcleo gestantes

O movimento “Nós Podemos Londrina” realiza palestra sobre a saúde da gestante com a intenção de melhorar o índice de mortalidade de mulheres e meninas e atingir os índices estipulados pela Organização Mundial da Saúde

Nesta quarta-feira, dia 18 de maio, o equipe do movimento “Nós Podemos Londrina” realiza palestra aberta ao público sobre “Vamos Melhorar a Saúde da Gestante”. O evento será realizado no auditório da Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), área central da cidade, a partir das 19h.

Os palestrantes serão Luiz Carlos Baldo, médico da 17ª Regional de Saúde e a enfermeira, Thelma Malagutti Sodré, do departamento de enfermagem da UEL e coordenadora do núcleo de gestantes de Londrina.

O objetivo da palestra é iniciar uma “força tarefa” para a redução nos índices de mortalidade de gestantes através da conscientização da sociedade civil, das entidades públicas ou privadas, que estão engajadas na melhoria da saúde da gestante.

O movimento “Nós Podemos Londrina” discute temas e projetos para o município atingir as metas estabelecidas pela ONU – Organização das Nações Unidas – dentro dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), que são oito.

O quinto objetivo que é “melhorar a saúde das gestantes”, tem como base os números recomendados pela OMS (Organização Mundial da Saúde),que recomenda no máximo 20 casos de morte materna a cada 100 mil nascido vivos. Em Londrina o objetivo é reduzir em 3/4 ou seja o índice de 60,4 mortes para 14,8 e no Paraná de 69,7 para 25,70. (portal odm :  www.portalodm.com.br).

No Brasil, a morte materna é uma das 10 principais causas de óbito entre as mulheres de 10 a 49 anos. Dados do Ministério da Saúde trazem no Relatório Nacional de Acompanhamento (da ODM), que em 2007, os números eram 74,7 óbitos por 100 mil nascidos vivos. No mundo cerca de 536 mil mulheres e meninas morrem por ano de complicações relacionadas à gestação e ao  parto.

Os ODM

Os objetivos a serem atingidos em 2015 – data estipulada pela ONU– são oito: acabar com a fome a miséria; educação básica de qualidade para todos; igualdade entre sexos e valorização da mulher; reduzir a mortalidade infantil; melhorar a saúde das gestantes; combater a AIDS, a malária e outras doenças; qualidade de vida e respeito ao meio ambiente; todo mundo trabalhando pelo desenvolvimento.

O movimento “Nós Podemos Paraná”, criado em 2006 e tem como objetivo antecipar em cinco anos estas metas para o estado, assim como o núcleo “Nós Podemos Londrina”, através de discussões com a comunidade, ações e projeto a serem implementados. Boa parte deles é discutido nos “Círculos de Diálogos”.

“Nós Podemos Paraná” é uma proposta do Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial (CPCE), do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), em parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Instituto de Promoção do Desenvolvimento (IPD), por meio do Observatório Base de Indicadores de Sustentabilidade (Orbis). Informações: www.nospodemosparana.org.br

Contatos: Luiz Baldo – 17ª regional de saúde – 9993.0090
Thelma Malagutti Sodré – enfermeira depto UEL e núcleo gestantes – 9996.7992
Luis Cláudio Galhardi – Movimento Nós Podemos Londrina – 9996-1283
Serviço de imprensa Coord. FIEP – Alea Comunicação Andrea Monclar – (43) 9101-1080

Popularity: 1% [?]

Share and Enjoy:
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google

Deixar um comentário